óleo essencial de "alfazema" - Lavandula angustifolia Ver maior

Apenas online

óleo essencial de "alfazema" - Lavandula angustifolia

Novo

"alfazema" - Lavanda angustifolia - disponível em frascos de 10ml, 20ml, 50ml, 100ml, 250ml - clique aqui para escolher

Mais detalhes

4,14 €

Mais informação

Óleo essencial de “alfazema”

NomeLavandula angustifolia

Órgão produtor: partes aéreas floridas

Método de extração: destilação a vapor de água

Usos/Aplicações: fitoterapia, aromaterapia, perfumaria, cosmética e gastronomia.

Usos

Este óleo essencial é usado no meteorismo (ventre inchado, gases, desconforto) como anti-tússico, em infecções respiratórias e para combater as cólicas nos problemas digestivos. Pode ser administrado 1 a 4 gotas num torrão de açúcar por exemplo, ou em solução oleosa (diluição com óleos vegetais) 2 a 3 vezes por dia. Sob a forma de inalações é usado na sinusite, em bronquites e gripes. Externamente em solução oleosa a 10% é usado como antissético e cicatrizante e em massagens em dores reumatismais, devido à ação rubefaciente.

Características da planta

A alfazema (Lavandula augustifolia), da família das Lamiáceas (Labiadas), é uma planta subarbustiva em terrenos silico-calcários, secos e áridos em muitas regiões mediterrâneas mas hoje praticamente só é obtida por cultura.

É uma alfazema também conhecida por alfazema-verdadeira cultivada em todo o mundo, muito especialmente em França. No seu óleo essencial predomina o acetato de linalino (mais de 40%) acompanhado de linalol, lavandulol, acetato de lavandulino, terpeneol, cineol, limneno e em quantidades menores outros constituintes. Normalmente a altitude origina óleos essênciais com mais mais ésteres.